[language-switcher]

Guardião de piscina: vale a pena contratar um?

Piscinas de uso coletivo devem contar com um guardião de piscina para monitorar as atividades dos banhistas, evitar acidentes, realizar salvamentos e auxiliar em caso de emergência.  

Em algumas localidades do Brasil, essa obrigatoriedade está prevista em lei. Mas, mesmo se não for o caso, vale a pena contar com essa salvaguarda.

Neste artigo, vamos explicar por que esse profissional é tão importante e quais são as suas principais atribuições. Acompanhe.

Guardião de piscina: conhecendo as funções desse profissional

O guardião de piscina é o profissional responsável pelo monitoramento das atividades na piscina, pela prevenção de acidentes e afogamentos e pela proteção dos banhistas. Ele deve garantir que as medidas de segurança sejam obedecidas por todos e manter a ordem na área de lazer.

Entre as funções que um guardião de piscina deve exercer estão:

Orientar os banhistas sobre as regras de segurança

O guardião de piscina tem como dever orientar os banhistas, explicando as regras de segurança e garantindo o seu cumprimento.

Ele também deve alertar os banhistas da necessidade de ter um adulto monitorando as crianças dentro d’água, dos riscos ao entrar em uma piscina mais funda e das normas do condomínio, clube ou academia – por exemplo, a obrigatoriedade de usar a ducha antes de mergulhar e a proibição do consumo de alimentos e bebidas na área da piscina.

Monitorar a piscina e os banhistas

Também é tarefa do guardião de piscina monitorar a área da piscina e as atividades dos banhistas. Ele deve estar preparado para identificar e intervir em situações de risco, como acidentes e afogamentos. 

Além disso, precisa zelar pelo bom uso da piscina e chamar a atenção dos usuários quando alguma regra estiver sendo descumprida.

Cuidar das condições de higiene da água

Outra das atribuições de um guardião de piscina é garantir que a água esteja em boas condições de higiene e de qualidade. Isso inclui verificar os parâmetros químicos, aplicar cloro, preparar as cadeiras, espreguiçadeiras e guarda-sóis, entre outras atividades.

Realizar resgate aquático

Afogamentos em piscina infelizmente não são incomuns, sobretudo quando se trata de crianças. Por isso, o guardião de piscina deve estar apto para realizar resgates aquáticos em caso de afogamento, aplicando as técnicas apropriadas e os equipamentos de salvamento adequados.

Verificar os equipamentos de segurança

É função do guardião de piscina certificar-se de que os equipamentos de segurança, como boias, coletes salva-vidas, cordas divisoras e extintores de incêndio estejam disponíveis e em boas condições de funcionamento.

Primeiros socorros

Um guardião de piscina precisa ter conhecimento sobre primeiros socorros e treinamento específico para identificar afogamentos e outros incidentes, e deve aplicar esses procedimentos quando necessário.

Esse profissional se mantém atento a qualquer problema e é capacitado para realizar salvamentos, utilizando as técnicas do Corpo de Bombeiros (como a verificação dos sinais vitais e a reanimação). Ele também deve encaminhar o banhista ao pronto-socorro após o atendimento preliminar.  

Manutenção da ordem na piscina

Finalmente, o guardião de piscina deve manter a ordem no local, intervindo quando algum banhista apresentar um comportamento imprudente ou arriscado e documentando detalhadamente qualquer incidente, problema ou inconformidade que aconteça na área da piscina.

Principais benefícios de contratar um guardião de piscina

Contratar um guardião de piscina pode trazer diversos benefícios para a segurança e o bem-estar dos usuários da piscina. Entre eles, podemos citar:

  • Identificação precoce de situações de risco;
  • Prevenção de acidentes;
  • Resposta imediata em emergências;
  • Supervisão constante da piscina;
  • Garantia do cumprimento das medidas de segurança;
  • Assistência a diferentes grupos;
  • Monitoramento das condições de qualidade e higiene da piscina;
  • Mais segurança e tranquilidade para os banhistas;
  • Possibilidade de estar em conformidade com a legislação local;
  • Redução de responsabilidade legal da administração em caso de acidentes.

Como funciona a atividade do guardião de piscina?

Profissionais de Educação Física devidamente inscritos no CREF (Conselho Federal de Educação Física) e com habilitação em um curso específico para guardiões de piscina, chancelado pelo Corpo de Bombeiros, estão aptos a atuar na área.  

A carga horária pode variar de acordo com o local de trabalho e com as atribuições do profissional. Ele tanto pode trabalhar em período integral como em meio período, durante os horários em que a piscina costuma ser mais utilizada. 

A contratação do guardião de piscina também pode ser temporária ou sazonal. O importante é que ele esteja presente durante o horário de funcionamento da piscina.

Mesmo em locais onde o guardião de piscina não é obrigatório por lei, é possível inserir essa exigência como cláusula. Por exemplo, um condomínio residencial pode incluir em seu regimento a obrigatoriedade para manter a segurança dos condôminos.

Na hora da contratação, é importante se certificar de que o profissional tem o treinamento adequado e o condicionamento físico necessário para atuar em caso de emergências na piscina.

Em quais ambientes é necessário ter a presença de um guardião de piscina?

A presença de um guardião de piscina é necessária em piscinas de uso coletivo, como as de academias, clubes, hotéis, SPAs e condomínios.

Embora seja uma medida de segurança importante, as atividades desse profissional ainda não estão regulamentadas em todo o território nacional: cada localidade tem suas próprias leis em relação a isso.

No caso do Rio de Janeiro, é obrigatório que as piscinas de uso público tenham um guardião sempre a postos. Segundo a Lei n.º 3728/2001, toda piscina coletiva deve dispor de um guardião, e uma eventual ausência acarreta o fechamento da piscina para os banhistas. 

Em outros estados, as exigências podem variar: em alguns, basta haver as sinalizações de segurança e equipamentos de salvamento disponíveis.

Cuide bem da sua piscina com os produtos da Nautilus

Além de contratar um guardião de piscina para zelar pela segurança dos banhistas, há outros cuidados a serem tomados para um uso saudável e seguro. 

Por exemplo, é preciso limpar e aspirar a piscina periodicamente, manter o tratamento químico em dia e os parâmetros sempre em equilíbrio e realizar a filtração para manter a água pura. 

A Nautilus tem todos os produtos necessários para cuidar de sua piscina. Visite nosso site e conheça nossa linha completa!

Deixe aqui a sua dúvida ou sugestão.

Fique tranquilo! Com a Nautilus, você pode relaxar até aqui no nosso site. Pensamos em cada mínimo detalhe pra que você tenha uma experiência de conforto e bem-estar. É por isso que o nosso site passa por milhares de testes todos os dias na busca de brechas de segurança que eventualmente ameaçam o ambiente virtual com ataques reais de hackers.  Nós aqui nos preocupamos com isso e nos preparamos muito para evitar estas ameaças.