[language-switcher]

Qual a melhor pedra para piscina? Conheça 5 opções!

A escolha do piso da área externa é uma decisão muito importante em um projeto. Afinal, o piso ideal deve ser antiderrapante, resistente e ter proteção térmica para que as pessoas não se queimem em dias ensolarados. A pedra para piscina é uma opção vantajosa, pois reúne beleza e praticidade e atende a todos os requisitos.

Mas, com tantos tipos disponíveis no mercado, como escolher a pedra para piscina perfeita para revestir a área externa? Neste artigo, apresentamos as melhores opções e damos dicas para facilitar a decisão.

Continue a leitura!

Área externa da piscina de pedra ou madeira: qual preferir?

O revestimento de pedra para a área da piscina é uma das opções mais populares. O material é naturalmente atérmico e, dependendo da pedra escolhida, antiderrapante. Mesmo as que não o são, podem receber um tratamento especial para deixarem de ser escorregadias e se tornarem seguras.

As pedras para piscina normalmente são fáceis de limpar e têm manutenção simples. Basta cuidar para não acumularem limo e sujidades, e se manterão bonitas e funcionais por muito tempo.

O piso de madeira também é atérmico e amplamente utilizado na área da piscina, sobretudo por quem quer um ar mais rústico no projeto. Fica um charme, mas exige muito mais cuidados. A madeira não é tão resistente à ação da água e do sol quanto a pedra.

A manutenção precisa ser constante para que o material não apodreça. É necessário, por exemplo, realizar aplicações anuais de impermeabilizantes e verniz próprio para o material. Além disso, com o tempo, a madeira pode descorar e manchar devido à ação dos raios solares.

Os dois tipos de piso diferem muito quanto ao valor. Os pisos de madeira são bem mais baratos que os de pedra, o que acaba tornando o projeto mais acessível.

Apesar do preço mais elevado, a pedra para piscina costuma ser uma opção de revestimento mais vantajosa, como veremos a seguir.

Vale a pena optar pela pedra para piscina na área externa?

Sim, vale a pena escolher a pedra para piscina, caso caiba em seu orçamento. Ela é uma opção prática, versátil, bonita, segura e fácil de manter e limpar. Por ser naturalmente atérmica, não oferece risco de queimaduras, e é bastante resistente e durável.

Limpando com a frequência correta para não deixar acumular resíduos, algas e limo, o piso de pedra se mantém intacto e funcional.

Pedra para piscina: conhecendo os principais tipos

Existem diversos tipos de pedras para piscina no mercado para você escolher. Alguns dos mais populares são:

São Thomé

A Pedra São Thomé é uma das mais utilizadas para revestir a área externa da piscina, graças à beleza e à praticidade. Ela é naturalmente antiderrapante, o que a torna muito segura para o uso. Além disso, não absorve o calor. A pedra, de origem nacional, apresenta várias cores: pode ser branca, rosada, amarelada, acinzentada ou até mesclada.

Mineira

A pedra Mineira é uma opção mais barata e igualmente bonita. Ela confere um toque de sofisticação ao ambiente sem custar muito e, por isso, é muito adotada em projetos de piscina.  

Além de chamar a atenção pela beleza, ela é naturalmente rugosa, por isso, não escorrega. A pedra Mineira pode ser encontrada em tons de rosa, amarelo ou cinza, e você pode escolher conforme a cor da decoração.

Goiás

A pedra Goiás também é antiderrapante e conduz pouco calor. Ela pode ser encontrada em várias texturas e cores, o que a torna uma opção versátil para a área de lazer.

Também é mais em conta do que a São Thomé e é bastante resistente e durável.

Granito

O Granito é outra pedra resistente e que não retém calor, o que a torna uma opção adequada para o uso na área da piscina. É uma pedra bonita, disponível em tonalidades mais escuras, podendo ser amarelada, acinzentada, azulada ou avermelhada. Devido à sofisticação, apresenta um valor mais alto.

Mas atenção: sua superfície é lisa e, para revestir a piscina, precisa passar por um tratamento para se tornar antiderrapante. Caso contrário, podem ocorrer acidentes.

Mármore

O Mármore é a opção perfeita para quem quer um toque de elegância na área da piscina. É uma pedra que pode vir em várias cores, das tonalidades mais claras às mais escuras. O efeito fica lindo! Porém, seu valor também é mais elevado.

Assim como o Granito, o Mármore também precisa ser tratado para se tornar antiderrapante, pois a superfície é naturalmente escorregadia.

Como as pedras são instaladas?

Após o terreno estar escavado e concretado, e a piscina devidamente instalada, é hora de aplicar o piso de pedra. Normalmente, as pedras para piscina são instaladas em forma de placas e fixadas com cimento, com o auxílio de um martelo e uma espátula para dar o acabamento.

É importante que esse procedimento seja feito por profissionais com experiência. Assim, a instalação ficará perfeita e o revestimento irá durar por mais tempo.

Como escolher a pedra ideal para as suas necessidades?

Para escolher a melhor pedra para piscina, é necessário levar em conta fatores como a durabilidade, a textura, o preço e as preferências pessoais. Algumas pedras são mais resistentes e têm uma vida útil mais longa do que outras.

Se você optar pelo granito ou pelo mármore, lembre-se de que terá que investir também em um tratamento específico para tornar esses materiais antiderrapantes, já que sua superfície naturalmente lisa é um perigo para a área da piscina. Então esse gasto extra deve entrar na conta.

O design também é um fator importante para a decisão. Cada tipo de pedra tem texturas, cores e padrões específicos. Você pode escolher aquele que mais lhe agrade e que combine com a decoração e o estilo da área de lazer. Algumas pedras têm uma aparência mais rústica, enquanto outras têm um ar mais refinado. Tudo depende do seu projeto.

Cuidados e conservação da pedra para piscina

A pedra para piscina deve ser lavada e esfregada regularmente para se manter conservada ao longo do tempo. Quando a limpeza não é feita na frequência ou da maneira adequada, a pedra pode acumular limo, lodo, algas e sujeiras, o que é uma porta de entrada para a proliferação de micro-organismos.

Você pode lavar o piso de pedra normalmente com sabão neutro, esponjas e esfregões, ou com seu produto habitual. Também existem no mercado limpadores específicos para a limpeza de pedras para piscina.

Conheça os produtos para piscinas da Nautilus

Gostou de conhecer os melhores tipos de pedra para piscina e quer investir no material adequado para cuidar de sua área de lazer? 

A Nautilus oferece uma linha completa de produtos, equipamentos e acessórios para você cuidar de sua piscina. Visite o nosso site e conheça nossas soluções!

Deixe aqui a sua dúvida ou sugestão.

Fique tranquilo! Com a Nautilus, você pode relaxar até aqui no nosso site. Pensamos em cada mínimo detalhe pra que você tenha uma experiência de conforto e bem-estar. É por isso que o nosso site passa por milhares de testes todos os dias na busca de brechas de segurança que eventualmente ameaçam o ambiente virtual com ataques reais de hackers.  Nós aqui nos preocupamos com isso e nos preparamos muito para evitar estas ameaças.